Em 21 de abril de 1927, o então Capitão de Artilharia Luiz de Araújo Correia Lima conseguia uma vitória em sua luta de muitos anos: a criação do CPOR no Rio de Janeiro. Hoje, um sábado 29 de abril, o Centro Tenente Coronel Correia Lima se engalanou para comemorar os 90 anos deste famoso Estabelecimento de Ensino Militar. Mas não foi apenas esta a comemoração naquele Quartel em Bonsucesso: o CNOR comemorava 20 anos de criação e a AORE/RJ, 25 anos. Todos em abril, mês também de aniversário do nosso Exército Brasileiro.

 

 


 

Em 21 de abril de 1927, o então Capitão de Artilharia Luiz de Araújo Correia Lima conseguia uma vitória em sua luta de muitos anos: a criação do CPOR no Rio de Janeiro.

Hoje, um sábado 29 de abril, o Centro Tenente Coronel Correia Lima se engalanou para comemorar os 90 anos deste famoso Estabelecimento de Ensino Militar.

Mas não foi apenas esta a comemoração naquele Quartel em Bonsucesso: o CNOR comemorava 20 anos de criação em 22 de abril, e a AORE/RJ, 25 anos (13 de abril).

Todos em abril, mês também de aniversário do nosso Exército Brasileiro.

Desde à véspera a AORE/RJ montou um esquema para ir buscando nos aeroportos os Presidentes das AORE’s de todo o Brasil que vinham não só para o aniversário de quase um século do CPOR/RJ como para a Assembleia Extraordinária do CNOR que ocorreria neste sábado e domingo.

Iam chegando de norte a sul, do centro-oeste ou do sudeste, tanto o Fernando de Manaus, como o França de Porto Alegre e até um Presidente de uma AORE nova do Amapá...

Mas chegavam também o Coronel Sinésio Martins, o Comandante na época do CPOR que foi a um almoço de 30 anos da turma de 1961, os convidando para criar a AORE/RJ, sendo seu sócio fundador 002.

Também chegaram os antigos Comandante Cel Wenceslau (mudou o CPOR de São Cristóvão para Bonsucesso) e Cel Tadeu, além do Coronel Laport, antigo Subcomandante.  

Um toque de clarim nos avisou da chegada do General Brasil, Vice-chefe do DECEx. 

 

Guarda formada, o Cel Cyrillo acompanhado do Tenente Monteiro (CNOR) recebeu o General de Divisão Décio dos Santos Brasil que informou que o General Cid, recém-assumido Chefe do DECEx ainda estava em São Paulo passando o Comando Militar do Sudeste.

Logo chegou também o General de Divisão Gen Div André Luís Novaes Miranda que a poucos dias assumir a Diretoria de Ensino Superior Militar no lugar do General Arruda que assumiu o Subcomando do COTER em Brasília.

 

Foram para o Salão Nobre com Comandantes de Organizações Militares que iam chegando, vem como o Tenente da FEB Israel Rosenthal que também fora prestigiar a efeméride.

O Salão Nobre todo reformado tinha além das Bandeiras Históricas desde o Império, um canto com o retrato, a espada de Correia Lima e o Boletim de criação do CPOR que chamou a atenção do General Novaes. 

Lá fora, diante dos jardins do Pavilhão de Comando a tropa formada pelos Alunos entrava em forma e, diante dela, os Oficiais R/2 não só os ex-Alunos daqui do CPOR do Rio de janeiro, como os presidentes das diversas Associações de CPOR ou NPOR de todo o Brasil. 

Crianças de projetos sociais do CPOR também ali estavam formadas diante da tropa. 

Os fundadores da AORE/RJ, basicamente os integrantes da turma de 1961, também estavam ali onde se novam a ausência de alguns que não mais estavam entre nós...

Foram primeiro prestadas as Honras Militares ao General Brasil, maior autoridade presente.

Em seguida, ouvimos as saudações do Coronel de Infantaria Luiz Cyrillo de Lima Jr, Comandante do CPOR do Rio de Janeiro.

O Comandante convidou o General Brasil e o Presidente do CNOR para junto com ele, colocarem flores no busto do Tenente Coronel Correia Lima, fundador dos CPOR. 

Depois os Comandante de Organizações Militares que apoiam o CPOR receberam Diplomas de Agradecimento. O General Brasil foi convidado a entregá-los juntamente com o Comandante. 

Ouvimos então as palavras do General Brasil, Vice-chefe do DECEx, representando como disse, o General Cid.

Ao final, a tropa desfilou em continência ao General Brasil, tendo o Grupamento dos Oficiais R/2 de todos os tempos à frente.

 

 

 

 

 


 

Joomlashack